Malleus Holoficarum

Tolices, exagero, omissões e mentiras caracterizam a maioria dos relatos sobre aquele período. […] É tarde demais (para uma retomada de curso). Uma retificação completa é humana e materialmente impossível. Novos documentos virão à luz impreterivelmente, os quais abalarão ainda mais as certezas oficiais. A atual apresentação aparentemente triunfante do que aconteceu nos campos está condenada. O que se pode salvar disso? Certamente pouco. (Jean-Claude Pressac, Histoire du négationnisme en France, Paris, Le Seuil, 2000)

Artigos da seção: Paradoxos afirmacionistas

Sistêmica incoerência: Liberté pour L´Histoire e a exceção de ilegitimidade


As diferentes gradações da revisão do Holocausto


Oposição à barbárie e reabilitação do Nacional-Socialismo: a equiparação da negação à justificação


A força da Lei em suplemento à capitulação intelectual