A pura cara-de-pau! Ex-ministra de Israel reconhece o que todos já sabem: as acusações de “antissemitismo” são um truque contra críticas indesejadas, especialmente as dirigidas ao estado israelense.

Amy Goodman: Frequentemente, quando nos EUA dissidentes se expressam contra a política de Israel, as pessoas são rotuladas de antissemitas. O que você diz disso como uma judia israelense?

Shulamit Aloni: Bem, é um truque que nós sempre utilizamos. Se alguém da Europa critica a política israelense, nós utilizamos o Holocausto; quando alguém deste país (EUA) critica Israel, então nós a rotulamos de antissemita. Nossa organização é poderosa e dispõe de muito dinheiro, e a conexão entre Israel e os judeus norte-americanos é poderosa, e eles (Nota: os judeus norte-americanos) são muito fortes neste país. Como você sabe, eles têm um grande poder, o que é legítimo, são pessoas capacitadas, eles têm poder, dinheiro, a mídia e outras coisas, e sua posição é: Israel é meu país, indiferentemente se certo ou errado. Eles não permitem críticas, e é muito fácil rotular as pessoas que são contra a política de Israel como antissemitas, e ressuscitar o Holocausto e o sofrimento do povo judeu, e com isso nós justificamos tudo que fazemos contra o povo palestino.